Marketing Digital

A experiência do usuário

Se você tem um público, deve considerar os fatores que criarão um vínculo com ele

O termo "experiência do usuário" não é muito conhecido, mas é muito importante para qualquer pessoa que oferece um serviço ou um produto. A experiência para o usuário remete a todos os aspectos percebidos e sentidos por ele, ao utilizar o que a marca oferece. Ou seja: são comportamentos, sensações, emoções, percepções e vínculos que a pessoa cria ao experimentar um produto, sistema ou serviço cedido à ela.
 
Por isso, marcas e empresas devem sempre focar em formas de ofertar a melhor experiência para o usuário. E, acredite, pode não ser tão simples quanto parece. 
 
A questão da usabilidade:
 
O conceito de usabilidade - ou facilidade - com que a pessoa consegue interagir com um equipamento ou um serviço é fundamental para que a companhia tenha êxito na experiência do usuário
 
Um grande erro cometido por empresas é focar no visual e não pensar na utilização do produto. Muitos investimentos já foram perdidos porque o projeto não foi focado na forma útil para um lançamento.
 
Por isso, pesquise, crie um projeto e veja sua viabilidade. Pense em maneiras de como facilitar o uso do que você tem em mente. 
 
Dicas para alcançar uma boa experiência:
 
- O primeiro passo é conhecer o seu usuário: Estude o comportamento dos mesmos e faça de seu produto ou serviço, um facilitador para eles.
- Seja inovador, mas entenda que erros podem acontecer. Por isso, antecipe possíveis problemas e crie soluções. Isso ditará o sucesso ou o fracasso de seu projeto.
- A identidade visual é o segundo passo: Não adianta nada ter um produto bom, se ele não for atrativo, não despertar o desejo nem gerar atração para seu público-alvo.
- Torne-o de fácil acesso: Ninguém quer saber de uma novidade, se não conseguir encontrá-la. A logística é fundamental nessa etapa. Antes do lançamento, certifique-se de que todos os seus clientes conseguirão ser atendidos. 
- Apresente um serviço confiável e crie uma relação forte. Seu público deve confiar no que sua marca fala e propõe para testar.
 
Na internet:
 
Quando se trata de ambiente virtual, a experiência do usuário é ligada à interface de um site ou um aplicativo. Para saber se ele tem uma boa navegação, usa-se como métricas: o tempo que o internauta levou para alcançar um objetivo, sua facilidade para aprender a lidar com o sistema e navegar no site, a eficiência com que ele interage com a plataforma e a fácil memorabilidade, ou seja, se o usuário conseguiu se recordar do que usou. Além disso, pode-se contar a quantidade de erros cometidos até que ele alcançasse seu objetivo e sua satisfação.
 
Destacamos que as dicas citadas anteriormente, também são válidas para o ambiente virtual.
comments powered by Disqus
Newsletter