E-commerce

Loja Virtual: como precificar meu produto ou serviço?

Saiba quais são os custos que precisam ser considerados na hora de precificar os itens do seu e-commerce!

              Quando possuímos uma loja física, conseguimos mensurar mais facilmente todos os custos, sejam fixos ou variáveis que influenciam na hora de precificar os produtos e serviços oferecidos. E quando se trata de um e-commerce? Quais são os custos que devem ser levados em consideração na hora dessa decisão? Nessa análise, sairão do jogo custos como aluguel e funcionários, por exemplo, e entrarão em jogo custos como plataforma, divulgação e muitos outros.

            Vamos ajudar você empreendedor, com dicas sobre o que deverá constar em sua balança de custos ao precificar seus produtos em um e-commerce.

 

image(106).png

 

Hospedagem e Plataforma

            Os custos como aluguel e conta de luz, por exemplo, serão substituídos pelo serviço de criação da sua loja, que será pago logo de início. Você terá após a realização desses serviços, custos com a mensalidade que você terá que pagar para hospedar sua loja virtual para que ela esteja disponível 24h na internet ao alcance dos seus clientes.

            Estará incluso nesse serviço uma plataforma de gerenciamento oferecida por muitas empresas para que você tenha praticidade ao adicionar, editar, excluir produtos e textos em sua loja virtual, precisando ter acesso apenas a um login e senha.  Também fazem parte do pacote, o serviço de suporte e manutenção de sua loja para que ela não fique fora do ar.

 

Análise de Mercado 

            Esse é um dos tópicos mais importantes. Afinal, se o seu preço estiver muito acima do mercado, provavelmente não conseguirá realizar vendas. É importante  realizar essa análise de concorrência na web constantemente para definir estratégias de divulgação, possíveis promoções que possam fazer com que você esteja sempre na frente dos seus concorrentes e com isso, consiga ter um ótimo fluxo de vendas.

            Durante esse processo, tenha um olhar criterioso, avalie as descrições dos produtos, qualidade e variedade no portfólio dos seus concorrentes para que você possa equiparar sua loja virtual sempre baseada nas melhores informações coletadas desse processo de análise.

 

Plataformas de Pagamento (Gateways)

            Você precisará fornecer aos seus clientes as melhores opções de pagamento para facilitar o processo de compra em sua loja. Há duas opções: tratar diretamente com operadoras de cartão de crédito ou utilizar plataformas de intermediação de pagamentos para e-commerce. Em outro post que listamos o passo a passo para abrir uma loja virtual, contamos mais detalhadamente as vantagens e desvantagens de cada opção citada acima, mas independente da sua escolha, a taxa paga a essas empresas é um custo a ser considerado.

 

Frete

            O valor de frete cobrado pode ser um atrativo ou fazer clientes desistirem de concluir uma compra. Por isso, é importante avaliar a escolha das transportadoras, o tempo de entrega para cada região e a viabilidade de realizar promoções como, por exemplo: cupom de descontos (ou cupons de desconto) e frete grátis acima de determinado valor para incentivar a venda e compensar o custo de envio do produto.

            É extremamente importante respeitar o limite entre o valor de frete cobrado e o valor do produto: você conseguirá atender todas as regiões com preço justo para o seu cliente e um bom custo x benefício para você?  Hoje, muitas lojas virtuais perdem venda por não conseguir oferecer essas condições aos seus clientes, que optam por comprar no concorrente ou até mesmo em lojas físicas.

            Faça uma boa avaliação dos custos com o serviço de entrega e encontre um equilíbrio entre a satisfação do seu cliente e a melhor opção para o seu investimento.

 

Marketing Digital

            Para tornar sua loja acessível e visível ao seu público é preciso investir em divulgação, pois na internet com certeza existem centenas de outras empresas vendendo o mesmo produto e oferecendo o mesmo serviço que você.

            As formas de divulgação mais utilizadas são os links patrocinados (divulgação paga do Google), e-mail marketing e um trabalho de conteúdo e gerenciamento de redes sociais. E é claro, que por se tratar de um investimento deverá ser considerado o ROI (Retorno sobre o Investimento) que essas divulgações estão somando em vendas para a sua empresa! 

 

Preço X Valor

            Dos tópicos citados acima, esse é o único que está relacionado exclusivamente com a percepção dos seus clientes e que deverá também ser considerado na hora de precificar os seus produtos.

            As palavras preço e valor se diferem em seus significados quando o assunto é marketing e análise de mercado. A palavra preço está relacionada com a quantia realmente cobrada pela compra do produto. E já a palavra valor está relacionada com a percepção do seu cliente de quanto aquilo representa para ele. É algo intangível. E essa diferença de conceitos é o que torna mais compreensível quando as pessoas não se importam de pagar preços altos por produtos de determinadas marcas e quando, por exemplo, reclamam do aumento de produtos básicos que não possuem o mesmo valor em seu subconsciente.

            Por isso, é sempre importante conhecer bem o seu público e as variações de percepção que eles possam ter de seus produtos e serviços em diferentes momentos e situações.  

            Gostaram das dicas? Aqui na Construsite Brasil você encontra vários serviços para sua loja virtual e também, um help com o acompanhamento de profissionais de marketing que irão ajudá-lo após colocar sua loja no ar! Entre em contato com a gente! teeth_smile.png

comments powered by Disqus
Newsletter