Mídias Sociais

Qual a melhor rede social? Parte I - Facebook

Como escolher a rede social certa para a sua empresa?

Se você está pensando em inserir sua empresa no mundo digital, com certeza tem feito muitas perguntas sobre criação de sites e, claro, redes sociais: Será que a minha empresa realmente precisa ter uma fanpage no Facebook? O que será que ela deve falar em 140 caracteres no Twitter? Quais fotos teriam audiência no Instagram?

Como usuário dessas redes sociais, mesmo que você esteja familiarizado com elas, ainda bate aquela dúvida sobre a atuação de perfis comerciais, por isso, vale a pena pensar: elas são realmente efetivas para a área de atuação da sua empresa?

redes sociais empresa

Primordialmente, o que vai determinar a sua presença em alguma rede social sempre será o seu público-alvo. Não adianta você investir no Facebook, se o seu público consumidor não estiver presente nele!

As redes sociais mais populares no Brasil, atualmente, são: Facebook e Twitter. Além dessas, há também o Whatsapp, que pode ser considerada sim, como uma rede social. Mas, nesse post, vamos entender um pouco do funcionamento da principal rede social no Brasil.

O Facebook

Ainda é a maior rede social no Brasil, alcançando 78% dos usuários únicos do Brasil¹. As opções de publicações de conteúdo são as mais diversas possíveis, por isso, pode ser utilizada por vários tipos de empresas. Até porque, por abranger grande número e diversidade de público, sua audiência pode estar por lá.

É uma Ferramenta de Marketing quase completa! Ele permite diversas interações com os perfis dos seguidores, como enquetes e avaliações, criação de grupos fechados e públicos para debate de informações, discussões nas próprias publicações e outros. Além disso, tem um espaço dedicado à apresentação da empresa, com descrições, informações de contato, link direcionando para o site e outros, que já é um diferencial entre as demais redes sociais, além de prestar informações importantes para seus potenciais clientes.

facebook empresa

Vantagens gerais do Facebook:
Além de ter o maior número de Brasileiros conectados, há a possibilidade de:
- Criar uma fanpage, página exclusiva para a sua empresa, com informações relevantes aos usuários. A partir daí, há a formação de grupos de interesses.
- Elaborar um portfólio dinâmico ou catálogo de produtos: As mensagens, fotos, vídeos e várias interações, não somem do dia para a noite, as pessoas costumam compartilhar um conteúdo até semanas depois, reforçando ainda mais a comunicação.
- Bate papo e mensagens reservadas via caixa de mensagens (inbox), que são ferramentas de atendimento direto aos clientes.
- Criar grupos fechados e abertos para debates, que podem funcionar, mais ou menos, como um fórum, ou tira dúvidas, por exemplo.
- Ter um laço afetivo mais duradouro: a divulgação do conteúdo não é tão instantânea como no Twitter e, por isso, uma conversa pode ser estabelecida bem ali na timeline, quando você postou uma imagem intrigante, fofa, polêmica, etc.

E quando a dúvida em questão é, qual das redes sociais é a melhor para a sua empresa, surge essa vantagem:

- Interação com aplicativos: O Facebook permite que o conteúdo postado no Instagram e no Twitter, se repita na timeline dele.


Em relação ao público alvo:
Atinge público de massa e de várias idades. Além disso é possível gerar informações relevantes sobre a audiência, para melhor direcionar o marketing da empresa. Entenda a sua audiência no Facebook, clicando aqui.

Dificuldades:
Infelizmente, se não for usado o Facebook ads (publicidade paga dessa rede social), perde-se grande chance de exibir as suas publicações para um grande número de pessoas da página, uma vez que o alcance orgânico está diminuindo cada vez mais.

facebook ads

Fala-se muito que o Facebook quer ganhar dinheiro com os anúncios, ou que isso não tem nada haver com dinheiro. Na verdade, isso faz parte de um processo de seleção de conteúdo, para proporcionar a melhor experiência para o usuário - é o que diz o Facebook. Se pararmos para pensar é um pouco verdade: nós estamos num período onde a geração de conteúdo é muito rápida! Produzimos mais do que consumimos. Então, para que as pessoas vejam essas histórias no feed de notícias, o Facebook “filtra” as mais relevantes para ela. Acaba que as fanpages concorrem, não só com empresas, mas com postagens da própria rede de amigos do usuário, ou seja, sem o Link Patrocinado, corre o risco de você publicar para o vento. Engana-se quem acha que uma empresa ganha mil likes em uma publicação, diversos compartilhamentos e outras interações, sem rolar um ads por trás.


O Facebook em relação ao Twitter

Informação menos recente: muitas vezes o conteúdo postado no Facebook, já estava postado no Twitter há dias.
Conteúdo mais durável: o Twitter é extremo - do mesmo jeito que a informação nasce, ela morre: instantaneamente! São raros os usuários que percorrem o twitter de alguém para ver postagens antigas, até mesmo pela quantidade, que é imensa. Já no Facebook é comum quando o usuário curte uma página e vê as publicações antigas da fanpage em questão.
Número de caracteres diferenciado: podem ser realizadas postagens mais longas que no Twitter. O lado positivo é que você pode anexar mais informações na postagem. O ruim é que você pode postar muito além dos 140 caracteres do Twitter e acabar gerando um texto desinteressante.

 

Empresas que dão certo no Facebook

Aquelas que conseguem direcionar um conteúdo relevante, inovador, inteligente e bem humorado, independente de seu segmento. É claro que algumas áreas tem mais facilidade de inserção no Facebook, uma vez que já estão ligadas ao entretenimento ou trabalham diretamente com produção de conteúdo, como artistas, empresas de fotografia, revistas e outros. Mas, mesmo as grandes empresas, que já possuem público fiel, podem ter dificuldade de se relacionar nessa rede social.

Agora que você está preparado para criar uma fanpage, está na hora de desenvolver um conteúdo com personalidade!

 

¹ Segundo pesquisas da comScore, o Facebook é responsável por 78% do total de usuários únicos no Brasil e mais de 58 milhões de visitantes únicos mensais.

comments powered by Disqus
Newsletter