Marketing Digital

Como criar o anúncio perfeito para a venda de imóveis

Como destacar seu anúncio perante a concorrência?

Por Viva Real

image(15).png

 

A concorrência no mercado imobiliário se acirra a cada dia e, para a venda de imóveis ser bem sucedida, é importante estar sempre ligado às novas tendências. Para não ficar atrás dos outros profissionais do nicho, é necessário acompanhar os avanços tecnológicos e até setores que parecem distantes do ramo, como a internet.

Atualmente, não basta pendurar uma placa com o nome e telefone da imobiliária no imóvel e esperar que os consumidores interessados entrem em contato. Os anúncios feitos em jornais de grande circulação também tem se tornado obsoletos. Então, como destacar seu anúncio perante a concorrência? A resposta: na internet.

Segundo pesquisas, mais da metade da população tem acesso à internet em casa e cerca de 95,4 milhões de brasileiros acessam a rede mundial de computadores. Com a facilidade criada pelos smartphones e tablets, a tendência é de crescimento nesses dados. Por isso, um anúncio de imóvel à venda ou para locação na internet costuma ter grandes resultados, desde que ele tenha bom planejamento e excelente execução.

 

5 dicas para o anúncio de imóveis perfeito

Para criar um bom anúncio, primeiro é necessário entender a importância de dedicar tempo e esforço para essa tarefa. O perfil do consumidor mudou e seu comportamento na jornada de compra também. Isso significa maior exigência por parte dele e a atualização dos mecanismos de busca, como o Google.

Ter relevância e visibilidade na internet depende de muitos fatores e não adianta apenas colocar o anúncio online e esperar. Confira algumas dicas para ajudar nessa tarefa:

 

1. Preencha os campos básicos disponíveis

Caso você inclua o anúncio em plataformas imobiliárias, é importante prestar atenção no preenchimento dos campos disponíveis. Quando uma pessoa busca um imóvel nesse tipo de site, ela utiliza filtros e seu imóvel aparece conforme as informações fornecidas. Basicamente, os campos disponíveis são:

 

  • Tipo de imóvel: apartamento, casa, loft, kitnet, etc.

  • Preço: valor de venda/ aluguel, IPTU, condomínio.

  • Quantidade de cômodos, especificando quantos quartos, vagas de garagem, banheiros etc.

  • Área: metragem do imóvel (e do terreno em alguns casos).

 

Tamanha a importância de preencher corretamente esses campos, algumas plataformas analisam o anúncio perante essa informação. Por exemplo, o VivaReal, portal que conecta imobiliárias, corretores e incorporadoras, possui o completômetro, uma ferramenta que analisa as informações fornecidas pelo corretor e as que deveriam estar preenchidas.

 

2. Coloque o endereço do imóvel

Apesar de ser um tema de grande discussão no mercado imobiliário, quando anunciamos na internet não há escapatória: precisamos colocar o endereço real e completo do imóvel. Com isso, a chance de receber contatos qualificados aumenta e você terámaior possibilidade de conversão.  

 

3. Capriche nas fotos

Já se foi o tempo em que apenas uma foto do imóvel satisfazia o cliente. Hoje em dia, em parte pela correria do dia a dia, o consumidor quer ver tudo que puder do imóvel antes de agendar uma visita. Para isso, invista em fotos (recomenda-se cerca de 15 imagens) de todos os detalhes do domicílio.

Não é necessário contratar equipe profissional para isso, mas atente-se à qualidade das imagens, com boa iluminação, ambiente organizado etc. Vídeos e fotos 360º também são muito bem vistas pelos potenciais compradores.

 

4. Elabore bem o início do anúncio

Não precisa ser um jornalista ou publicitário para escrever um bom anúncio. Seja claro, objetivo e verdadeiro nas informações, priorizando as mais importantes. Evite gírias e erros gramaticais. Um bom termômetro para saber como está a descrição é imaginar que você é quem está buscando um imóvel e ler o que escreveu ou pedir para um colega fazer essa rápida análise. Se o conteúdo estiver interessante para vocês, provavelmente estará para o consumidor também.

 

5. Divulgue o anúncio

Além do site da sua imobiliária, inclua o anúncio em outros locais, como plataformas imobiliárias gratuitas e pagas e até mesmo nas redes sociais. Quanto mais lugares mostrarem seu anúncio, maiores as chances dele ser visto por quem busca um imóvel como esse no momento certo.

 

Criar um bom anúncio não é um bicho de sete cabeças, mas exige atenção e planejamento. E você? Como avalia um bom anúncio? Conte para nós! teeth_smile.png

comments powered by Disqus
Newsletter