Solicitação de Orçamento

Blog

Blog Dicas para Site Use Nudges no seu site

Use Nudges no seu site

Mesmo com todas as interferências sofridas pela mensagem, controláveis ou não, os nudges permitem que você manipule os visitantes e os transforme em compradores.

por Luana Carvalho

Adquirir visitantes não é problema, afinal existem inúmeras estratégias pagas e não pagas para tal. O problema está em convencer o usuário que ele deve comprar seu produto/serviço.

Para solucionar esse problema é necessário compreender a arquitetura da escolha e como ela determina - baseado em crenças, cultura e sociedade em que o usuário está inserido - as decisões que ele irá tomar.

 

Post%2028%20-%20Nudgeshtmlcdf9e9c7d89d0c

A ciência comportamental comprova que a grande maioria das decisões tomadas no dia-a-dia são baseadas em "atalhos mentais" desenvolvidos pelo ser humano durante sua vida. É aqui que os nudges agem.

O que são os Nudges?

De acordo com Richard Thaler, autor do livro Nudge: o empurrão para escolha certa, nudge pode ser definido como:

"Uma cutucada ou orientação que altera o comportamento das pessoas de maneira previsível sem proibir nenhuma opção nem mudar significativamente seus incentivos econômicos."

Ou seja, é conscientemente manipular as opções que são apresentadas aos usuários.

O objetivo é influenciar o que os consumidores vão escolher e guiá-los através das opções que são mais convenientes de acordo com o objetivo desejado, ou simplesmente estimular as compras e aumentar as vendas.

Cutuque o visitante e faça dele um comprador

De acordo com a economia clássica, o ser humano é um ser totalmente racional, que analisa as informações e toma decisões se baseando no que é melhor pra ele.

Seguindo esse pressuposto, um consumidor que entra em um supermercado para comprar uma caixa de cereal, nunca vai comprar duas caixas de cereal pra ganhar um copo da marca (que ele não precisa).

 

Post%2028%20-%20Nudgeshtml6d125ca48a37cd

Não é bem assim que funciona, né! As pessoas "de verdade" são falhas, emotivas e tomam decisões com base em crenças e aspectos culturais.

É aí que entra o conceito de nudge, ou empurrãozinho. A teoria atesta que tomamos decisões diferentes, dependendo da forma como a questão é apresentada.

Entendenda o visitante

Utilizar os nudges só é realmente efetivo quando a organização entende exatamente quem são seus consumidores e a essência das decisões deles.

Isso implica em conhecer sobre o perfil psicográfico deles, que podem ser:

  • Hábitos;
  • Interesses;
  • Valores;
  • Inclinações psicológicas.

Compreender esse perfil permite entender porquê os clientes compram na empresa. Por exemplo:

Quando o consumidor responde bem às provas sociais do seu negócio, significa que quando está em dúvidas ele costuma buscar por depoimentos de outras pessoas e toma sua decisão baseado nisso.

Dessa maneira é possível otimizar os nudges no marketing e ter melhores respostas aos estímulos passados.

Empurre o consumidor

O "empurrão", significa moldar o formato das situações para levar as pessoas a tomarem a decisão que você deseja. É usar gatilhos comportamentais que sejam interessantes para o visitante.

 

Post%2028%20-%20Nudgeshtml7d1995631ee478

É possível empurrá-lo de diversas formas, veja a seguir as 3 principais:

  1. Rotular os produtos da sua loja de maneira interessante

Dessa maneira é possível chamar a atenção do consumidor para o produto desejado e transparecer que há mais benefícios em comprá-lo, ou até mesmo criar subcategorias que atraem o visitante e o instiga a comprar.

Post%2028%20-%20Nudgeshtmlc4ab6ee3bf9b95

  1. Utilizar o senso de urgência

           Demonstrar que o produto faz parte de uma edição limitada ou que está acabando libera um senso de urgência no consumidor que muitas vezes leva a venda de impacto.

Post%2028%20-%20Nudgeshtmleafa3d45596bd8

  1. Pop-ups de saída

Os pop-ups de saída representam a última tentativa da empresa de não perder o visitante que demonstrou que não deseja mais ficar na página.

Tem algumas maneiras de usá-los para garantir uma maior conversão:

  • Oferecer um código de desconto;
  • Alertar o consumidor de um novo produto;
  • Oferecer um canal mais rápido de receber promoções ou newsletters (muito usado em campanhas de e-mail marketing);
  • Entre outros.

Post%2028%20-%20Nudgeshtml7b0f3a9f7748bb

Não esqueça, o empurrão tem que ser com carinho

A essência de uma estratégia de marketing de relacionamento é entender que a empresa e o consumidor estão em pé de igualdade.

Manipular a ciência comportamental é uma tarefa que não pode ser subestimada, usar os Nudges de maneira incorreta é o mesmo que acionar várias bombas e esperar o estrago iminente, que vai afetar a reputação e credibilidade da empresa com os clientes.

Exagerar na mensagem que o nudge vai passar pode ser problemático. Caso o empurrão seja muito claro pode facilmente irritar e afastar os compradores.

Por isso estude bem os comportamentos do seu consumidor e faça o uso dessa estratégia com maestria!

Autor:

Luana Carvalho | Growth
Produtora de conteúdo cursando Publicidade e Propaganda tem por hobbie a programação. Não sabe como seria a vida se não existissem séries policiais e jogos de celular. As áreas de churrasco são sua segunda casa, mas só se carne mal passada estiver no cardápio.
Outros posts feitos por Luana Carvalho

Comentários:

Orçamento por WhatsApp