Solicitação de Orçamento

O melhor blog sobre sites e lojas virtuais

Blog Google & SEO Tráfego orgânico x tráfego pago: qual o melhor para seu site?

Tráfego orgânico x tráfego pago: qual o melhor para seu site?

Entenda a diferença entre o tráfego orgânico e o tráfego pago e qual é a estratégia ideal para o seu site

por Soluções Industriais

Você sabe qual é a diferença entre tráfego orgânico e tráfego pago?

Quando o assunto envolve visitas no site e estratégias de marketing digital, é comum que os gestores de qualquer negócio tenham dúvida sobre qual estratégia aplicar para aumentar o tráfego do site e obter visibilidade nos meios digitais.

Hoje em dia, as empresas que não investem em site, blogs e até mesmo lojas virtuais, estão propícias a ficar para trás em relação à concorrência. Afinal, sempre que o consumidor precisa de um serviço, produto ou informação, a primeira ação é realizar a pesquisa na internet.

Isso significa que, independente do seu segmento de atuação, seja em vendas de mangueira de incêndio, por exemplo, ter um bom site com conteúdos relevantes é primordial para atrair os clientes.

Logo, é possível investir nas estratégias para aumentar a visibilidade, atrair o público-alvo e, consequentemente, maximizar as vendas.

Quer saber qual é a diferença entre tráfego orgânico e pago, e qual é o melhor para o seu site? Continue a leitura e confira!

Tráfego orgânico x tráfego pago: qual é a diferença?

Gerar tráfego é fundamental para o site de uma empresa, loja virtual e blog. Isso porque é relacionado ao número de visitas dos usuários na página.

E, para conquistar mais visitantes é possível obter de modo natural ou por meio de anúncios, que nada mais é do que o tráfego orgânico e o tráfego pago.

Tráfego orgânico

O modo orgânico é, portanto, a forma de atrair visitas de modo natural sem que haja a necessidade de pagar para conquistá-lo.

Por exemplo: quando o cliente pesquisa por peças para ônibus nos mecanismos de busca do Google e acessa determinado site, gera o tráfego orgânico para a empresa.

Para isso, é preciso manter publicações relevantes, um bom layout no site para garantir experiência positiva ao usuário, a fim de diminuir a taxa de rejeição e os algoritmos do Google reconhecerem que o site é autoral e gera relevância.

A estratégia de tráfego orgânico tem alta eficiência para posicionar uma página entre as melhores posições dos mecanismos de busca. Se você deseja que o seu negócio seja encontrado após a primeira pesquisa, é possível como o modelo orgânico.

Mas, para isso, é necessário apostar em publicações de conteúdos frequentes, além de outras técnicas para auxiliar nos excelentes resultados, a técnica de SEO é uma delas.

Por isso é importante focar em conteúdos relevantes que gerem valor e atraiam consumidores. É claro que os resultados serão nítidos no decorrer do tempo. Porém, é eficiente para atrair o público mais interessado pelos conteúdos oferecidos, logo, a marca ganha autoridade no assunto.

Tráfego pago

Já no tráfego pago, basicamente, é definido pelas visitas através de anúncios em que o usuário acessa a página ao clicar em um link patrocinado.

Ou seja, se você vende produtos para o público sustentável, como desengraxante biodegradável, entre outros itens, é possível pagar para o seu produto ser exibido para os usuários através da configuração de campanha no Google Ads, plataforma de anúncios do mecanismo de busca.

Neste contexto, investir em anúncios pagos é uma opção para atrair o público-alvo e aumentar o número de visitas no site em determinado período e pagar por cliques de acesso.

Entretanto, é importante ressaltar que não basta apenas pagar para ter a marca visível na primeira página, até porque a taxa de rejeição é um fator determinante para a queda de posicionamento no ranking dos mecanismos de busca e ter o tráfego pago de insucesso.

O objetivo desta estratégia é captar o público e gerar o relacionamento, ou seja, atrair os interessados pelos serviços e produtos oferecidos e ter maior possibilidade de potencializar os resultados de vendas.

Além do mais, é possível criar estratégias de tráfego pagos nas redes sociais de modo segmentado nas plataformas do Instagram e Facebook Ads, de acordo com a localização, interesses e preferências dos usuários, idade, entre outros fatores.

Desse modo, quando o consumidor busca pelo produto com as palavras-chave definidas no seu anúncio, encontrará o site do seu negócio na primeira página, no topo de resultados de pesquisa do Google. Além disso, essa estratégia permite obter controle sobre seus investimentos, visto que você paga por clique, ou seja, por cada usuário que clica gera relacionamento na página.

Qual é a melhor estratégia para o seu site?

Ambas as estratégias geram excelentes resultados para o seu site. Contudo, se há dúvidas sobre qual é a melhor para o seu negócio, basta analisar alguns fatores como os benefícios de cada uma, além dos objetivos da empresa.

Isso porque no tráfego orgânico os resultados do aumento de visitas acontecem de modo natural, mas é imprescindível investir em materiais ricos que atraem o público e geram o relacionamento na página. Já no modo pago, você pode definir o tempo de campanha e investir conforme o objetivo da empresa em gerar mais leads e aumentar as vendas em um período determinado.

De forma geral, o tráfego orgânico os resultados podem ser a longo prazo e o resultado é gerado constantemente. No tráfego pago os resultados são mais rápidos, mas é necessário manter um investimento contínuo para manter as visitas no site.

Portanto, nada impede de investir para conquistar as visitas de modo natural, e quando necessário realizar campanhas de anúncios pagos, pois ambos os tráfegos se completam e, juntos, podem contribuir em excelentes resultados e potencializar as visitas no seu site!

Autor:

Soluções Industriais | Parcerias Construsite
Esse artigo foi escrito por Beatriz Barros, Criadora de Conteúdo do Soluções Industriais.
Outros posts feitos por Soluções Industriais

Comentários: