Solicitação de Orçamento

O melhor blog sobre sites e lojas virtuais

Blog Loja Virtual Como abrir loja virtual no metaverso

Como abrir loja virtual no metaverso

Realidade aumentada, NFT's, compras em 3D, pagar e receber através de criptomoedas. Saiba como abrir sua loja virtual no metaverso.

por Time Construsite

Na reta final de 2021, o CEO da nascida empresa Facebook, Mark Zuckerberg, inovou ao trazer a mudança do nome para Meta. Muito se engana ao pensar que só o nome mudou, pois as estratégias de mercado digital vão muito além disso.

Além de mudanças já evidentes nas plataformas, a novidade foi mesmo a criação de um novo universo virtual: o Metaverso. Seguindo um estereótipo estilo Marvel, com universos interligados, o Metaverso vem para instaurar a sua história no mundo dos negócios.

Com realidades aumentadas, utilizando de gamificação, 3D, óculos e acessórios amplificadores, negociação via criptomoedas e NFTs, além de criar toda uma estrutura 100% virtualizada, o Metaverso vem representando o futuro, levando ao meio digital experiências como as físicas.

Mas aí vem a pergunta: Como o Metaverso influencia no e-commerce, ou seja, qual sua ligação com as compras, transações e negócios empresariais na esfera online e ao abrir loja virtual?

É isso que viemos contar com as mudanças trazidas pela implantação do Metaverso, assim como suas expectativas de crescimento comercial online em um futuro próximo.

Já providenciou seu óculos virtual? Pois vamos adentrar com estilo e nos moldes deste novo universo. Vamos lá!

Metaverso: O que é e qual sua ligação ao abrir lojas virtuais?

A inovação é tão grandiosa, que para entender é necessário realmente seguir seu propósito: a imersão completa no mundo online.

Como destaque principal para 2022, o Metaverso é um espaço online, um universo que com auxílio de equipamentos de realidade aumentada, além de objetos utilizados na realidade virtual, visa levar as vivências físicas, para experiências totalmente digitais.

Desenvolvendo uma espécie de Segundo Mundo, e até mesmo, Segunda Vida, o Metaverso visa inserir os usuários em situações que vivem presencialmente, como engatar comunidades, com interações e debates sociais, conversas, e claro, poder comprar e fazer negócios nas lojas inseridas.

E para este último, é necessário começar pelo ponto de partida: abrir uma loja virtual no metaverso.

Atualmente, o crescimento das empresas na internet, com sites, redes sociais e suas próprias filiais onlines, é avassalador. Principalmente em um contexto pandêmico, conseguir comprar com apenas alguns cliques e ao navegar pelas telas foi a alternativa mais viável que com certeza, foi responsável por salvar o mercado.

Contudo, esta presença digital, no que chamamos e-commerce, mostra indícios da necessidade de prender mais o consumidor, permitir maiores experiências e levar a ele cada vez mais a facilidade de um bom negócio.

Assim, ao abrir loja virtual, o empreendedor não deve observar apenas as oportunidades já existentes, mas acima de tudo, buscar sucesso na sua ampliação.

Então, como relacionar o e-commerce com o Metaverso ao abrir uma loja virtual?

Abrir loja virtual: do e-commerce ao Metaverso

Sendo a estruturação do mercado nas esferas digitais, o e-commerce (comércio eletrônico) implanta bases desde a criação de sites, redes sociais e a loja virtual, até a dinâmica de funcionamento, com todo o processo 100% online.

Do acesso ao pagamento do produto ou serviço, o e-commerce proporciona que tudo seja feito através das telas, com comodidade e praticidade ao cliente, e também maior controle e monitoramento pelas empresas.

Agora, pense em tudo isso, mas além das telas, ou seja, na possibilidade de estar dentro, realizando cada passo até concluir sua experiência? Aí surge o Metaverso.

Assim, ao abrir uma loja virtual, a experiência deixa de ser apenas de entrar e escolher o produto desejado, selecionar pagamento e entrega, para realmente estar ali dentro, com seu próprio avatar, andando pela loja, aumentando a realidade do produto, testando e pagando de forma dinâmica, interativa, sensitiva e inovadora.

E para isso, é necessário entender os acessórios do Metaverso, ou seja, o que auxilia para que essa expectativa vire realidade, para que do lugar que estiver, possa se projetar ao mundo dos comércios online do futuro.

NFT’s, criptomoedas e realidade aumentada: o que são e como atuam no Metaverso?

Se o intuito do metaverso é criar comunidades, permitir conversas, idas ao parque, comprar em diversas lojas, montagem de avatar e skins, literalmente levar o nosso mundo a esse “mundo novo”, como pode ser gerado isso?

Do inglês non-fungible token, tradução token não fungível, o NFT é um item representado, seja ele digital ou físico, numa espécie de certificado que atesta autenticidade e veracidade, ligando ao criador original, a patente daquele ativo.

Ao abrir loja virtual nas amplificações do Metaverso, os NFT’s asseguram a existência de produtos internos associado às marcas, que podem levar desde as maiores e diversas multinacionais, como MC Donalds, Renner e Nike, até as mais diversas empresas para navegação e consumo direto.

Além disso, o Metaverso visa criar produtos digitais, ou seja, disponíveis apenas no universo inserido. Funcionaria como um produto que pode ser usado apenas nessa realidade, seguindo um conceito já trazido pelos jogos, que vendem produtos internos utilizados apenas naquele ambiente, sem retirada física.

Aí se encontra outra função dos NFT’s, permitir a criação desses produtos. O exemplo mais próximo foi realizado pela marca Gucci, ao vender uma bolsa existente apenas em seu espaço digital, responsável por movimentar muitos dólares na economia virtual.

No universo das criptomoedas, sendo essas moedas digitais de negociação direta, sem presença de instituições financeiras, o pagamento sai das famosas maquininhas de cartão, e passa a ser por transferências diretas e internas, como se fosse dinheiro virtual, em carteiras virtuais, fazendo com que toda compra possa ser paga pela ativação das mesmas, numa espécie de autoatendimento.

E por fim, a realidade aumentada conta com a noção de espaço e imersão, ao permitir visualizar todo aquele universo em 3D ou projeção holográfica, com os óculos virtuais, joysticks para controle e direção, jogos e quiz para chegar a mais oportunidades de produtos, e muito mais.

Assim surge a gamificação, ou seja, implementar técnicas de jogos, na reprodução da vida em um meio totalmente digital!

Por fim, como ficam as expectativas com essa nova realidade gerada?

Acredito que após conhecer as novidades do Metaverso, não fica difícil perceber qual é a tendência do futuro, principalmente quando falamos de negócios comerciais.

Portanto, abra sua loja virtual, comece a sair apenas da ideia de sites e como fazer eles rodarem, para investir em levar seu espaço digital as mais grandiosas e variadas experiências que a realidade aumentada do Metaverso poderá proporcionar.

Corra, é melhor não perder tempo! Crie já sua loja virtual, estruture, potencialize, leve seu meio físico ao universo expansivo da internet. Conheça o funcionamento do e-commerce, para que aos poucos possa criar bases e raízes que possibilitem o alcance de toda a proporção do Metaverso.

Receba o contato de um especialista

Autor:

Time Construsite | Marketing
Escalamos os melhores redatores, jornalistas, publicitários, designers e especialistas de mercados distintos, com a missão de criar o melhor conteúdo da internet. Dica da Equipe: Leia 3 textos diariamente para levar sua empresa ao sucesso!
Outros posts feitos por Time Construsite

Comentários: